A Teoria da Interpretação Jurídica de Emílio Betti

Editora: Sergio Antonio Fabris Editor

Autor: Leonel C. Pessôa

ISBN: 8575251627

R$41,00
ADICIONAR AO CARRINHO

Disponibilidade: Pronta Entrega

Nº de Páginas: 119

Encadernação: Brochura

Ano: 2002

Título: A Teoria da Interpretação Jurídica de Emílio Betti

Editora:Sergio Antonio Fabris Editor

Autor: Leonel C. Pessôa

ISBN: 8575251627

Disponibilidade: Pronta Entrega

Nº de Páginas: 119

Encadernação: Brochura

Ano: 2002

ÍNDICE:
INTRODUÇÃO
O PROBLEMA DO APLICADOR DO DIREITO NO ÂMBITO DA TEORIA GERAL DO DIREITO
1. Introdução
2. O problema da interpretação da lei
2.1. Mapeamento proposto por Emilio Betti
3. À procura de uma solução para o problema da interpretação da lei.
3.1. Certeza do direito e correção da decisão
3.2. A jurisprudência dos interesses de Heck
3.3. Santi Romano e a interpretação histórico-evolutiva
Considerações finais
AS FORMAS REPRESENTATIVAS COMO OBJETO DA TEORIA DA INTERPRETAÇÃO
1. Introdução
2. O Conceito de forma representativa
2.1. Enunciação do conceito
2.2. Dilthey: ciências naturais e ciências do espírito
2.3. Percepção e experiência, internas e externas
2.4. O terceiro domínio
Considerações finais
À PROCURA DE UMA SOLUÇÃO PARA O CONHECIMENTO DAS FORMAS REPRESENTATIVAS
1. Introdução
1.1. O primeiro nível de solução
1.2. Duas linhas de desenvolvimento da solução
2. A teoria behaviorista da linguagem
2.1. Significado linguístico e pré-linguístico
2.2. Caracterização behaviorista do significado pré-linguístico.
2.3. Significado linguístico na teoria behaviorista .
3. Crítica da teoria behaviorista da linguagem
3.1. Crítica da equiparação homem/animal
3.2. Crítica por meio da noção de speech community
4. O significado linguístico conforme a teoria de W.M. Urban
4.1. Condições da significação linguística
4.2. Intencionalidade
Considerações finais .
A TIPOLOGIA DAS INTERPRETAÇÕES E UM ASPECTO DO DEBATE ENTRE EMILIO BETTI E GADAMER
1. Introdução
2. A classificação das interpretações
2.1.0 roteiro do debate com Gadamer
2.2. A função como critério de classificação
2.3. A crítica de Gadamer.
2.4. Justificativa do posicionamento de Emilio Betti
CONCLUSÃO - A METODOLOGIA HERMENÊUTICA E OS CÂNONES INTERPRETATIVOS
A revolução copernicana no âmbito da hermenêutica
O projeto de Emilio Betti
Os cânones interpretativos
A solução metodológica para o problema inicial
BIBLIOGRAFIA

Direito Constitucional

Introdução ao Direito -> Filosofia do Direito

Introdução ao Direito -> Metodologia